Liga o Rádio 05 – A Guerra dos Mundos e as características do rádio

Como o rádio fez o público ver os marcianos?

Neste episódio, analisamos a transmissão de A Guerra dos Mundos, de Orson Welles, pra entender melhor por que o programa causou pânico em grande parte dos ouvintes. Podemos pensar em vários fatores, como contexto histórico, aspectos psicológicos dos ouvintes, características da audiência, estrutura e linguagem do roteiro, elementos sonoros e dinâmica da transmissão. Entre esses fatores, apresentamos as principais características do rádio tradicional e como estas influenciaram a reação do público.

Atenção: escute o episódio com FONES DE OUVIDO. Só assim você vai conseguir perceber todos os detalhes e aproveitar melhor a experiência. Divirta-se!

baixar

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  • BROWN, Robert J. Manipulating the Ether: the power of broadcast radio in thirties America. McFarland, 2004.
  • MEDITSCH, Eduardo. Rádio e pânico: a guerra dos mundos, 60 anos depois. Florianópolis: Insular, 1998.
  • ______________________. Rádio e pânico 2: a guerra dos mundos, 75 anos depois. Florianópolis: Insular, 2013.
  • ORTRIWANO, Gisela Swetlana. A informação no rádio: os grupos de poder e determinação dos conteúdos. São Paulo: Summus, 1985.
  • STERLING, Christopher H.; KITTROSS, John Michael. Stay tuned: a history of american broadcasting. Routledge, 2001.

REDES SOCIAIS
– curta a página do Liga o Rádio no Facebook
– siga o @ligaoradiocast no Twitter
– siga o Liga o Rádio no Instagram

E-MAILS
Ajude-nos a fazer o programa enviando sua colaboração, dúvida ou sugestão de pauta para podcast@ligaoradio.com.br

QUEM FALA
Clayton Henrique  
Docente nas disciplinas Produção Publicitária em Rádio, Teorias do Rádio e Produção em Rádio no curso de Comunicação Social, na UniCesumar, em Maringá – PR.

  • Rubens Mateus Padoveze

    Legal a analise social

  • Que bom que gostou, Rubens! Obrigado por ouvir! =)